[PRÉ-VENDA] LP • BEMTI • LOGO ALI (VINIL PRETO)

PREVISÃO DA CHEGADA NO ESTOQUE: 30/07/2022

***AUTÓGRAFOS SOMENTE PARA COMPRAS ATÉ 30/05/22***

"O PRAZO DE ENTREGA QUE APARECE APÓS A CONFIRMAÇÃO DA COMPRA DEVE SER CONSIDERADO SOMENTE APÓS O DESPACHO DO PEDIDO! - Atente-se à data de lançamento/envio dos produtos selecionados".

(P) 2021, (C) 2022 • Bolachão Discos 
Made In Brazil
ENVIAMOS PRA TODO BRASIL

CARACTERÍSTICAS:
• Vinil 12" na cor preta
• Capa dupla (gatefold)
• Encarte 60x30
• Edição limitada em 500 unidades (250 LPs Laranja Translúcido / 250 LPs Pretos) 
• Masterização para LP por Ézio Filho 
• Fabricado por Polysom

ATENÇÃO: todas as perspectivas contidas nas imagens deste material são meramente ilustrativas, podendo sofrer alterações, inclusive quanto à cor, forma, textura e tamanho.

Faixas:
A1. Canto Cerrado
A2. Livramento
A3. Catastrópicos! (participação Jaloo)
A4. Se Entrega!
A5. Quando O Sol Sumir (participação Fernanda Takai)
A6. Não Tava Nos Meus Planos
B1. Salvador (Interlúdio) (participação Josyara)
B2. Habitat
B3. Eu Te Dei Tudo Que Eu Sou
B4. Samba! (participação Àvuà)
B5. Do Outro Lado (Mantra Tornado Grito) (participação Murais)
B6. De Tanto Esperar

• SOBRE O DISCO:


BEMTI MOSTRA QUE O FUTURO É "LOGO ALI" EM MERGULHO POÉTICO E VISCERAL PELO ANOITECER DA VIDA
Segundo álbum do cantor viaja entre as catástrofes de ser brasileiro e incertezas do amanhã

 

Quando pensamos no fim do mundo, é possível que as imagens sejam fantasias hollywoodianas da destruição de monumentos distantes. Em Logo Ali, porém, Bemti traz uma narrativa inequivocamente brasileira e cheia de alma para enfrentar toda sorte de catástrofes tropicais, sejam do fim ou de recomeço. 

 

Apesar de iniciado antes da pandemia, o disco foi trabalhado à perfeição justamente nesse período de incertezas e impossibilidade de seguir com os shows. O resultado é um álbum atemporal sobre a experiência humana frente ao desconhecido, passando pela solidão, a busca pelo refúgio no afeto e a promessa de seguir caminhando, por mais que o tempo se feche ao longo do caminho. As participações em cada etapa do processo são um verdadeiro desfile de talentos. Lançado em 29 de setembro pela Natura Musical, o projeto conta com as vozes e composições de Fernanda Takai, Jaloo, Josyara, Roberta Campos, Nina Oliveira, Paulo Santos, Pedro Altério e tantos outros. “Tanto eu, quanto as pessoas envolvidas, a gente tinha certeza que estava entregando um disco muito denso, cheio de camadas, com muitas coisas a serem escutadas, interpretadas”, conta Bemti com justificado orgulho. 

 

Logo Ali clama por atenção aos mínimos detalhes, a começar pela capa. A foto de Bemti recostado com a viola ao lado é uma “reinvenção expandida” do quadro O Derrubador Brasileiro (1879), de Almeida Júnior, e já começa a sugerir o cenário caipira e apocalíptico do álbum. A arte assinada por Paulo Marcelo Oz é um ponto de partida, mas não revela todas as cenas escondidas nos instrumentos e melodias dos 40 minutos seguintes. 

 

O título pode até sugerir uma chegada breve, mas a clássica expressão é “traiçoeira”: quando escutar um “é logo ali” de alguma pessoa de Minas Gerais, tenha certeza que o caminho está longe de chegar ao fim. No caso do álbum, resumia bem o sentimento do artista no final de 2019, antes de qualquer pessoa sonhar com o que os meses seguintes reservariam ao mundo. “Era a iminência de uma coisa muito grande que estava para acontecer – infelizmente foi uma muito ruim. Com a pandemia, o disco foi se moldando e se tornou essa jornada que a gente tem que aguentar até chegar a algum lugar, é uma jornada bem difícil”, explica. 


O álbum se abre com a imagem de uma pessoa subindo uma serra e encontrando uma Folia de Reis no topo, escutando cada elemento conforme se aproxima. Em “Canto Cerrado”, a atmosfera do disco se descortina em um convite irresistível ao mergulho visceral pelo anoitecer da vida diante da iminência desta tragédia pressentida, apesar da festa. “É que agora eu canto / E eu não vou chorar sem melodia”, avisa o cantor no refrão. 

 

Com composições, transições e tracklist milimetricamente planejadas para guiar os sentidos noite adentro nessa conversa poética sobre o próprio coração, Logo Ali não permite descanso no caminhar. Apesar da sequência de verdadeiros “tapas na cara”, termo usado pelo próprio cantor para descrever as letras, as músicas possuem camadas de significados que nem sempre ficam evidentes no primeiro golpe. 

 

Cada sentimento explorado ressoa em diferentes momentos da vida, partindo do canto sincero de Bemti para encontrar eco no universo: “Livramento” fala do distanciamento de um amor, mas conversa com todo fechamento de ciclo; “Não Tava nos Meus Planos” mexe com a lembrança dolorida do começo da pandemia, mas se encaixa facilmente em outras surpresas da vida. “Teve um trabalho muito pesado de composição para não deixar essas músicas datadas “, comenta sobre os significados para além do contexto de pandemia.

 

“Catastrópicos!”, single ao lado de Jaloo, é uma canção de sobrevivência na busca por abrigo “no afeto ou na arte”, mas também se revela como uma colorida e dançante ironia. “É uma música sobre refúgio no meio da catástrofe diária que é ser brasileiro, independente da época. Esses signos tropicais e dançantes são quase uma ironia porque ela é uma música sobre a catástrofe de ser brasileiro”, conta.


Outra participação com cara de fan favorite é “Quando o Sol Sumir”, com Fernanda Takai. A faixa mostra potencial para apresentar o trabalho de Bemti a outros públicos. O dueto delicado foi inspirado por um amor sublime e pensada como uma “música de casamento” para celebrar um sentimento que resiste ao fim dos tempos. 


Conforme a primeira parte do disco se encaminha para o encerramento, o sonho do artista de criar um “épico mineiro” já está firmado e em processo de concretização. Formado em Audiovisual, o plano original seria um filme, mas as imagens impressas nas músicas entregam uma criação imersiva na qual a subjetividade de cada pessoa é parte criadora. 

 

A transição dos momentos de Logo Ali vem com esse “pressentimento do tamanho da Bahia” que permeou o nascimento do projeto, anunciado ao lado da voz intensa de Josyara. Mais uma vez, a importância da imersão na experiência do disco do começo ao fim se faz necessária para apreciação de cada peça desse quebra-cabeça.

 

A solidão se torna tangível no isolamento de “Habitat”, antecedendo a angústia noturna de “Eu Te Dei Tudo O Que Sou”. “A figura do mar é muito cara para mim, essa coisa do oceano como um monstro. Você está ali, diante do mar,  que é uma coisa que está pronta pra te engolir porque você é um nada”. 

 

A ironia como método para lidar com a aproximação do apocalipse retorna em “Samba!”, uma verdadeira festa nas horas finais da vida que traz, com direito a um banquete de elementos no arranjo. Depois da dança, a introspecção retorna com “Do Outro Lado (Mantra Tornado Grito)”, uma verdadeira carta ao futuro, até a esperança de “De Tanto Esperar”, com o juramento de “sorrir ao menos um mês pra cada pessoa que me fez chorar um dia”.

 

Bemti mostra que o futuro depois do caos é mesmo Logo Ali: uma medida de tempo e distância inexata, mas otimista e verdadeira, que nos convida a seguir de cabeça erguida para além da névoa da incerteza.

(Fonte: Mad Sound, por Larissa Catharine Oliveira - https://www.madsound.com.br/bemti-futuro-logo-ali-mergulho-poetico-visceral-anoitecer-vida/)

 

PARA PRODUTOS EM PRÉ-VENDA

Uma pré-venda é uma venda como qualquer outra compra que você faz conosco em nosso site, mas com a possibilidade de reservar o produto antes mesmo de seu lançamento, tendo a garantia de conseguir a sua unidade sem o risco do produto esgotar em nossos estoques. Além disso, a vantagem de adquirir seu produto pré-venda, é que o preço do produto geralmente é menor do que após o lançamento. Basta fazer a compra do item e aguardar o envio conforme a data prevista. Assim que for enviado, a notificação e o número de rastreamento serão informados por email e você poderá acompanhar o seu pedido. ATENTE-SE AO PRAZO PREVISTO DA CHEGADA DO PRODUTO EM NOSSOS ESTOQUES ANTES DE FINALIZAR A COMPRA.

  • Esse produto é em mídia física

Assim como todos os produtos que vendemos, este produto em pré-venda é uma mídia física, no formato LP: produto novo original.

  • Compra de mais de um título no mesmo pedido (em pré-venda ou não)

Quando há interesse na compra de mais de um produto e os mesmos estão com prazos de entregas diferentes e queira recebê-los com maior rapidez, o recomendado é efetuar a compra de um título por pedido. Não há problema na compra de vários itens no mesmo pedido, só que, caso da compra de produtos na  pré-venda e no mesmo pedido constam produtos em pronta entrega, por exemplo, iremos enviar todos no mesmo pacote, considerando a data do último produto a ser lançado. 

  • Previsão de data de chegada do produto

A data de lançamento de um produto em pré-venda fica pré-estabelecida pelo fabricante. A data informada em nosso site é uma previsão de lançamento. Muitas vezes o produto pode ter sua chegada antecipada em nossos estoques, e nesse caso, os produtos serão enviados antecipadamente, porém o contrário também acontecer, no caso de sofrer algum atraso na data prevista, por algum motivo maior, contamos com a sua compreensão, pois informaremos uma nova data de entrega.

 

LP Bemti - Logo Ali (vinil preto)

R$165,00 R$150,00
LP Bemti - Logo Ali (vinil preto) R$150,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

[PRÉ-VENDA] LP • BEMTI • LOGO ALI (VINIL PRETO)

PREVISÃO DA CHEGADA NO ESTOQUE: 30/07/2022

***AUTÓGRAFOS SOMENTE PARA COMPRAS ATÉ 30/05/22***

"O PRAZO DE ENTREGA QUE APARECE APÓS A CONFIRMAÇÃO DA COMPRA DEVE SER CONSIDERADO SOMENTE APÓS O DESPACHO DO PEDIDO! - Atente-se à data de lançamento/envio dos produtos selecionados".

(P) 2021, (C) 2022 • Bolachão Discos 
Made In Brazil
ENVIAMOS PRA TODO BRASIL

CARACTERÍSTICAS:
• Vinil 12" na cor preta
• Capa dupla (gatefold)
• Encarte 60x30
• Edição limitada em 500 unidades (250 LPs Laranja Translúcido / 250 LPs Pretos) 
• Masterização para LP por Ézio Filho 
• Fabricado por Polysom

ATENÇÃO: todas as perspectivas contidas nas imagens deste material são meramente ilustrativas, podendo sofrer alterações, inclusive quanto à cor, forma, textura e tamanho.

Faixas:
A1. Canto Cerrado
A2. Livramento
A3. Catastrópicos! (participação Jaloo)
A4. Se Entrega!
A5. Quando O Sol Sumir (participação Fernanda Takai)
A6. Não Tava Nos Meus Planos
B1. Salvador (Interlúdio) (participação Josyara)
B2. Habitat
B3. Eu Te Dei Tudo Que Eu Sou
B4. Samba! (participação Àvuà)
B5. Do Outro Lado (Mantra Tornado Grito) (participação Murais)
B6. De Tanto Esperar

• SOBRE O DISCO:


BEMTI MOSTRA QUE O FUTURO É "LOGO ALI" EM MERGULHO POÉTICO E VISCERAL PELO ANOITECER DA VIDA
Segundo álbum do cantor viaja entre as catástrofes de ser brasileiro e incertezas do amanhã

 

Quando pensamos no fim do mundo, é possível que as imagens sejam fantasias hollywoodianas da destruição de monumentos distantes. Em Logo Ali, porém, Bemti traz uma narrativa inequivocamente brasileira e cheia de alma para enfrentar toda sorte de catástrofes tropicais, sejam do fim ou de recomeço. 

 

Apesar de iniciado antes da pandemia, o disco foi trabalhado à perfeição justamente nesse período de incertezas e impossibilidade de seguir com os shows. O resultado é um álbum atemporal sobre a experiência humana frente ao desconhecido, passando pela solidão, a busca pelo refúgio no afeto e a promessa de seguir caminhando, por mais que o tempo se feche ao longo do caminho. As participações em cada etapa do processo são um verdadeiro desfile de talentos. Lançado em 29 de setembro pela Natura Musical, o projeto conta com as vozes e composições de Fernanda Takai, Jaloo, Josyara, Roberta Campos, Nina Oliveira, Paulo Santos, Pedro Altério e tantos outros. “Tanto eu, quanto as pessoas envolvidas, a gente tinha certeza que estava entregando um disco muito denso, cheio de camadas, com muitas coisas a serem escutadas, interpretadas”, conta Bemti com justificado orgulho. 

 

Logo Ali clama por atenção aos mínimos detalhes, a começar pela capa. A foto de Bemti recostado com a viola ao lado é uma “reinvenção expandida” do quadro O Derrubador Brasileiro (1879), de Almeida Júnior, e já começa a sugerir o cenário caipira e apocalíptico do álbum. A arte assinada por Paulo Marcelo Oz é um ponto de partida, mas não revela todas as cenas escondidas nos instrumentos e melodias dos 40 minutos seguintes. 

 

O título pode até sugerir uma chegada breve, mas a clássica expressão é “traiçoeira”: quando escutar um “é logo ali” de alguma pessoa de Minas Gerais, tenha certeza que o caminho está longe de chegar ao fim. No caso do álbum, resumia bem o sentimento do artista no final de 2019, antes de qualquer pessoa sonhar com o que os meses seguintes reservariam ao mundo. “Era a iminência de uma coisa muito grande que estava para acontecer – infelizmente foi uma muito ruim. Com a pandemia, o disco foi se moldando e se tornou essa jornada que a gente tem que aguentar até chegar a algum lugar, é uma jornada bem difícil”, explica. 


O álbum se abre com a imagem de uma pessoa subindo uma serra e encontrando uma Folia de Reis no topo, escutando cada elemento conforme se aproxima. Em “Canto Cerrado”, a atmosfera do disco se descortina em um convite irresistível ao mergulho visceral pelo anoitecer da vida diante da iminência desta tragédia pressentida, apesar da festa. “É que agora eu canto / E eu não vou chorar sem melodia”, avisa o cantor no refrão. 

 

Com composições, transições e tracklist milimetricamente planejadas para guiar os sentidos noite adentro nessa conversa poética sobre o próprio coração, Logo Ali não permite descanso no caminhar. Apesar da sequência de verdadeiros “tapas na cara”, termo usado pelo próprio cantor para descrever as letras, as músicas possuem camadas de significados que nem sempre ficam evidentes no primeiro golpe. 

 

Cada sentimento explorado ressoa em diferentes momentos da vida, partindo do canto sincero de Bemti para encontrar eco no universo: “Livramento” fala do distanciamento de um amor, mas conversa com todo fechamento de ciclo; “Não Tava nos Meus Planos” mexe com a lembrança dolorida do começo da pandemia, mas se encaixa facilmente em outras surpresas da vida. “Teve um trabalho muito pesado de composição para não deixar essas músicas datadas “, comenta sobre os significados para além do contexto de pandemia.

 

“Catastrópicos!”, single ao lado de Jaloo, é uma canção de sobrevivência na busca por abrigo “no afeto ou na arte”, mas também se revela como uma colorida e dançante ironia. “É uma música sobre refúgio no meio da catástrofe diária que é ser brasileiro, independente da época. Esses signos tropicais e dançantes são quase uma ironia porque ela é uma música sobre a catástrofe de ser brasileiro”, conta.


Outra participação com cara de fan favorite é “Quando o Sol Sumir”, com Fernanda Takai. A faixa mostra potencial para apresentar o trabalho de Bemti a outros públicos. O dueto delicado foi inspirado por um amor sublime e pensada como uma “música de casamento” para celebrar um sentimento que resiste ao fim dos tempos. 


Conforme a primeira parte do disco se encaminha para o encerramento, o sonho do artista de criar um “épico mineiro” já está firmado e em processo de concretização. Formado em Audiovisual, o plano original seria um filme, mas as imagens impressas nas músicas entregam uma criação imersiva na qual a subjetividade de cada pessoa é parte criadora. 

 

A transição dos momentos de Logo Ali vem com esse “pressentimento do tamanho da Bahia” que permeou o nascimento do projeto, anunciado ao lado da voz intensa de Josyara. Mais uma vez, a importância da imersão na experiência do disco do começo ao fim se faz necessária para apreciação de cada peça desse quebra-cabeça.

 

A solidão se torna tangível no isolamento de “Habitat”, antecedendo a angústia noturna de “Eu Te Dei Tudo O Que Sou”. “A figura do mar é muito cara para mim, essa coisa do oceano como um monstro. Você está ali, diante do mar,  que é uma coisa que está pronta pra te engolir porque você é um nada”. 

 

A ironia como método para lidar com a aproximação do apocalipse retorna em “Samba!”, uma verdadeira festa nas horas finais da vida que traz, com direito a um banquete de elementos no arranjo. Depois da dança, a introspecção retorna com “Do Outro Lado (Mantra Tornado Grito)”, uma verdadeira carta ao futuro, até a esperança de “De Tanto Esperar”, com o juramento de “sorrir ao menos um mês pra cada pessoa que me fez chorar um dia”.

 

Bemti mostra que o futuro depois do caos é mesmo Logo Ali: uma medida de tempo e distância inexata, mas otimista e verdadeira, que nos convida a seguir de cabeça erguida para além da névoa da incerteza.

(Fonte: Mad Sound, por Larissa Catharine Oliveira - https://www.madsound.com.br/bemti-futuro-logo-ali-mergulho-poetico-visceral-anoitecer-vida/)

 

PARA PRODUTOS EM PRÉ-VENDA

Uma pré-venda é uma venda como qualquer outra compra que você faz conosco em nosso site, mas com a possibilidade de reservar o produto antes mesmo de seu lançamento, tendo a garantia de conseguir a sua unidade sem o risco do produto esgotar em nossos estoques. Além disso, a vantagem de adquirir seu produto pré-venda, é que o preço do produto geralmente é menor do que após o lançamento. Basta fazer a compra do item e aguardar o envio conforme a data prevista. Assim que for enviado, a notificação e o número de rastreamento serão informados por email e você poderá acompanhar o seu pedido. ATENTE-SE AO PRAZO PREVISTO DA CHEGADA DO PRODUTO EM NOSSOS ESTOQUES ANTES DE FINALIZAR A COMPRA.

  • Esse produto é em mídia física

Assim como todos os produtos que vendemos, este produto em pré-venda é uma mídia física, no formato LP: produto novo original.

  • Compra de mais de um título no mesmo pedido (em pré-venda ou não)

Quando há interesse na compra de mais de um produto e os mesmos estão com prazos de entregas diferentes e queira recebê-los com maior rapidez, o recomendado é efetuar a compra de um título por pedido. Não há problema na compra de vários itens no mesmo pedido, só que, caso da compra de produtos na  pré-venda e no mesmo pedido constam produtos em pronta entrega, por exemplo, iremos enviar todos no mesmo pacote, considerando a data do último produto a ser lançado. 

  • Previsão de data de chegada do produto

A data de lançamento de um produto em pré-venda fica pré-estabelecida pelo fabricante. A data informada em nosso site é uma previsão de lançamento. Muitas vezes o produto pode ter sua chegada antecipada em nossos estoques, e nesse caso, os produtos serão enviados antecipadamente, porém o contrário também acontecer, no caso de sofrer algum atraso na data prevista, por algum motivo maior, contamos com a sua compreensão, pois informaremos uma nova data de entrega.